Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mãos Cheias de Nada

Retalhos dos meus dias tristes...

Mãos Cheias de Nada

Retalhos dos meus dias tristes...

07.Set.16

Gift

Inês Santos
A própria vida encarrega-se de filtrar o que vai e o que fica. O que nos dá e o que nos tira. A vida une e separa. Às vezes até de forma desajeitada e confusa, sem senão nem porquê. E mesmo diante de desencontros e diferenças, a vida simplifica. E a simplicidade serena, sossega, enaltece. A simplicidade é gratificante, plena. E é na simplicidade que (...)
23.Ago.16

Pessoas

Inês Santos
 Com mais de metade da minha vida percorrida, pelo menos a ordem natural assim o indica e mantendo a esperança de que virei a ter o estatuto de sénior, é fácil imaginar o número de pessoas que cruzaram o meu caminho. A verdade é que sempre pratiquei o desapego e por isso poucas são aquelas que estão comigo desde sempre. Muitas foram apenas passagens, momentos (...)